Neste primeiro protótipo para um escapamento três foram os objetivos propostos.

1) Funcionar em qualquer posição:
Para isto foi necessário eliminar a idéia convencional de pêndulo.
Este protótipo funciona baseado na lei da inércia.
- "Todo corpo posto em movimento tende a continuar em movimento..."

  

2) Ter os eixos fixados em apenas uma das extremidades:
Exceção para o sistema de tração.

3) Assemelhar-se com um turbilhão:
O sistema gira em torno do seu próprio eixo, lembrando desta forma
um turbilhão.


Um outro detalhe que considerei "criativo" foi quanto a tração.
O convencional seria um peso com catraca e uma chave ou outro sistema
semelhante para lhe dar corda.
Porém neste protótipo coloquei a "catraca" no proprio peso, ou seja,
ergue-se o peso para dar corda.
Uma curiosidade sobre esta "catraca", não há peças móveis.

  


Assista ao vídeo:



Ir para a galeria de fotos.